A Próstata

Tamanho de letra 


PROSTATITE

É uma inflamação que pode ser aguda ou crónica, geralmente causada por bactérias. A prostatite crónica é uma afecção que pode atingir de 10% a 14% dos homens de todas as idades e raças. É possível que 50% dos homens desenvolverão sintomas de prostatite em algum momento de suas vidas. Como se desenvolve ou se adquire?

A prostatite ocorre devido a vários factores: migração de bactérias através da uretra em direcção à próstata, deficiências da actividade antibacteriana da secreção prostática, falta de anticorpos locais e sistémicos. Microrganismos causadores de doenças sexualmente transmissíveis também poderão ser responsáveis por prostatites, principalmente, prostatite aguda.

O que se sente?

Ardência ou dor para urinar, frequência urinária aumentada , dor na musculatura entre as pernas (períneo) e às vezes secreção uretral são os sintomas mais encontrados.

Nas prostatites agudas, o quadro clínico é mais grave, com presença de mal-estar geral, febre, mialgias e dor abdominal. Aumento da frequência miccional diurna e nocturna, diminuição da libido, ejaculação dolorosa são sintomas também relatados pelos pacientes.

Como se faz o diagnóstico?

Um exame físico completo é necessário a fim de se descartar outras patologias que possam estar provocando os mesmos sintomas. Um toque rectal mostrará uma próstata dolorosa, embora na prostatite crónica possa estar normal.

Exames de urina mostrarão a presença de bactérias, de leucócitos (pus) e de sangramento microscópico (hematúria). A prostatite aguda geralmente é mais fácil de diagnosticar. O mesmo não acontece com a prostatite crónica que, além de muitas vezes não se achar o agente infeccioso, deve ser diferenciada de outras síndromes que ocasionam sintomatologia similar.

A prostatite aguda, sendo uma situação mais grave, exige um tratamento mais agressivo com antibióticos intramuscular ou endovenosos, hidratação do paciente, combate à dor e à febre; internação hospitalar é por vezes necessária.